MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
PUBLICIDADE

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
CHOPERIA RAMON TUDO DE BOM

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Governo do Estado encerra chamada pública com saldo positivo de projetos inscritos

A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) encerrou na quarta-feira (5) as inscrições para a chamada pública do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com um saldo positivo, a chamada contou com 127 projetos inscritos e disponibilizou recurso de R$ 6 milhões, não reembolsável, destinado para cooperativas e associações de agricultores familiares do Maranhão.

O objetivo da chamada foi selecionar e apoiar projetos para fortalecer e estruturar empreendimentos coletivos, com prioridade para as cadeias do leite e derivados, mel, mandioca, avicultura caipira, ovinocaprinocultura, hortifruticultura, arroz e feijão e os projetos oriundos de comunidades tradicionais, como quilombolas, indígenas, quebradeiras de coco babaçu, pescadores artesanais, ribeirinhos e os projetos voltados para o extrativismo. As propostas atenderam ao requisito de ter valor mínimo de R$ 50 mil e máximo de R$ 300 mil.

A chamada contemplou obras civis, incluindo construção, reforma e benfeitorias de estruturas produtivas; aquisição de veículos utilitários; capacitação, treinamento, serviços técnicos especializados em gestão ou relacionados às atividades produtivas de beneficiamento de comercialização.

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, as chamadas púbicas são uma oportunidade a mais para beneficiar o agricultor familiar. “Nesse caso, a busca por esse recurso foi com o propósito de beneficiar agricultores que desempenham trabalhos coletivos, ou seja, queremos fortalecer o cooperativismo e o associativismo no nosso Estado”, explicou.

O gestor regional da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) de Chapadinha, Givanildo da Silva, esteve na SAF para entregar dezenas de projetos de associações da Regional e disse que a chamada é mais um incentivo para incrementar a agricultura familiar do Maranhão. “A Agerp trabalhou intensamente para prestar esclarecimentos aos sindicatos, trabalhadores rurais, associações, para que tomassem ciência do edital. No mês de junho fizemos o dia D de divulgação nas 19 regionais da Agerp, que realizaram de forma simultânea atividades para divulgação e orientação”, explicou o gestor.

O agricultor familiar do Maranhão ainda conta com mais oportunidades. Estão abertas chamadas públicas de revitalização de agroindústrias que se encontram paralisadas ou funcionando de forma precária, com recurso disponível no valor de R$ 1 milhão. Os projetos podem ser enviados até o dia 14 de outubro.

Mais três chamadas públicas estão abertas até o dia 18 de outubro. Estas são para revitalização de agroindústrias específicas para o fortalecimento das cadeias produtivas do caju no valor de R$ 320 mil, de mandioca com recurso disponível de R$ 1.120.000,00 e a do mel no valor de R$ 306 mil.

ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages