MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
ECONOMIZANDO COM VOCÊ

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
LOJAS TROPICAL - MANIA DE PREÇOS BAIXOS

quarta-feira, 23 de março de 2016

Campanha de Mobilização contra o Aedes aegypti será realizada na próxima terça-feira em Codó

Atento ao avanço em todo país do numero de casos de Dengue, Chikungunya e Zika vírus, o Governo do Estado do Maranhão em parceria com o Governo Municipal de Codó, apresentou, durante a reunião ordinária na sede da secretaria municipal de saúde, uma Campanha de Mobilização contra o Aedes aegypti, que será realizada na próxima terça-feira (29). 

A campanha contará com uma caminhada de conscientização que sairá do largo da igreja de São Sebastião em direção a Praça Ferreira Bayma, aonde acontecerá no local varias atividades. Presente na reunião, representando o poder legislativo municipal, o vereador Pedro Belo convidou toda a população para participar da mobilização. 

“O combate ao mosquito é uma preocupação do governador Flávio Dino e nessa ação que realizaremos na próxima terça-feira em parceria com a prefeitura de Codó, tentaremos fazer com que a comunidade se envolva ainda mais neste tema. Temos que ter consciência que hoje existem três grandes motivos para se combater o mosquito, que são a dengue, a chikungunya e a zika, por isso o apoio da população é tão importante”, disse o vereador. 

O secretario municipal de saúde, Ricardo Torres, destacou que além dos agentes de endemias e de equipes da saúde do município e estado, a rede pública de ensino também será envolvida na ação.
“Os alunos atuarão como agentes mirins, porque a criança realmente se envolve e atua como fiscal. Faremos o possível para que uma grande quantidade de alunos possa participar dessa mobilização, para que em parceria com os agentes de endemias e da rede municipal de saúde e do estado possamos ter um resultado melhor”, reforçou o secretario. 

De acordo com a Coordenadora de vigilância em saúde, Karen Cruz, em Codó ainda não foi registrado nenhum caso de Zika Virus e Microcefalia, mesmo com os números positivos, a enfermeira lembra que a população não deve perder a atenção e o combate ao mosquito Aedes aegypti deve ser constante.
“Todos nós temos que trabalhar juntos, pois sozinhos não vamos conseguir manter os números positivos de Codó. Cada um deve fazer o seu trabalho dentro da sua instituição, da sua casa, com seu vizinho, levando principalmente a informação de que hoje nós estamos em uma guerra diária contra o mosquito Aedes aegypti”, destacou Karen Cruz. 

Também estavam presentes na reunião, o Gestor Regional de Saúde, Ribamar Oliveira, a professora Vera e o advogado Yure Correa. 

ASCOM / Por Marco Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pages