MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
ECONOMIZANDO COM VOCÊ

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
LOJAS TROPICAL - MANIA DE PREÇOS BAIXOS

sábado, 19 de março de 2016

F1 - Em novo formato de treino, Hamilton conquista a pole position na Austrália

Sistema eliminatório traz emoção para as duas primeiras partes da sessão, mas Q3 termina com anticlímax. Felipe Massa fica com sexto lugar, e Felipe Nasr, com o 17º

Por Melbourne, Austrália

O tão aguardado novo sistema de definição do grid de largada da Fórmula 1, em formato eliminatório, estreou neste sábado, no treino classificatório para o GP da Austrália, que abre a temporada 2016. A novidade ficou no formato, porque na pole position, nada de novo: mais veloz em todos os treinos livres em Melbourne, Lewis Hamilton, da Mercedes, confirmou o favoritismo e ficou com a posição de honra, com o tempo de 1m23s837. É a 50ª pole do britânico na carreira.
Lewis Hamilton é pole position para o GP da Austrália (Foto: Getty Images)Lewis Hamilton é pole position para o GP da Austrália (Foto: Getty Images)
No novo formato, o treino seguiu dividido em Q1, Q2 e Q3, mas em cada uma das fases, o último colocado era eliminado assim que o cronômetro marcava nove minutos para o fim, e em seguida iam caindo um piloto por um a cada 90 segundos. A intenção era dar uma pitada de emoção e, quem sabe, uma embaralhada no grid. O primeiro objetivo foi atingido. Em partes: nas duas primeiras partes, o que se viu foi pista cheia e competidores tensos, brigando para fugirem da zona de corte. 
Já no Q3, devido à limitação do número de jogos de pneus para o fim de semana, o que se viu foi um verdadeiro anticlímax. Poupando compostos para as corridas, os pilotos recolheram para os boxes assim que anotaram os primeiros tempos e de lá não saíram mais. Com isso, antes de o c cronômetro zerar, o britânico já se pesava e comemorava a pole position.
Felipe Massa ficou com o sexto lugar no grid de largada do GP da Austrália (Foto: Divulgação)Felipe Massa ficou com o sexto lugar no grid de largada do GP da Austrália (Foto: Divulgação)
A esperada "chacoalhada" no grid não ocorreu. Seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, ficou em segundo, seguido da dupla da Ferrari, Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen. Felipe Massaficou com a sexta colocação, atrás da STR de Max Verstappen. Já seu parceiro de Williams, Valtteri Bottas, caiu no Q2, e largará em 11º. Com o limitado carro projetado pela Sauber para 2015, Felipe Nasr não passou do Q1, e partirá da 17ª colocação.
-  Eu não tinha mais pneu. Acabei usando os meus todos antes do Q3. Só tinha um jogo, que é o que eles dão e você precisa entregar depois. Mas foi uma boa classificação. Estou feliz com a volta que consegui, faltou quase nada para largar entre os cinco primeiros, mas eu estou feliz - analisou Felipe Massa.
TEMPOS TREINO GP DA AUSTRÁLIA 2016 FÓRMULA 1 (Foto: Reprodução/ Twitter)

Q1
Pascal Wehrlein foi a primeira vítima do novo formato de classificação. Com o pior tempo, o alemão da Manor nem esperou os primeiros sete minutos e entrou nos boxes antes de ser cortado. Mas ele não largará na última colocação, pois seu companheiro Rio Haryanto, eliminado em seguida, foi punido com três posições no grid por ter batido em Romain Grosjean nos boxes no 3º treino livre. Na sequência caiu a dupla da Haas, Esteban Gutiérrez (20º) e Romain Grosjean (19º). Com problemas na RBR, Daniil Kvyat ficou pelo caminho e saiu em 18º. Felipe Nasr também não escapou da degola e acabou em 17º. Já a última vaga ficaria com Jolyon Palmer, mas o britânico conseguiu melhorar seu tempo já com o cronômetro zerado e empurrou Marcus Ericsson para a zona de eliminação.
Novo formato de treino classificatório da Fórmula 1 estreou na Austrália (Foto: Getty Images)Novo formato fez pilotos se apressarem a ir para a pista no Q1 e no Q2 (Foto: Getty Images)
Q2
Os pilotos da Renault, Kevin Magnussen (15º) e Jolyon Palmer (14º), foram os primeiros a serem eliminados no Q2, mostrando haver um abismo entre os carros da montadora francesa para as equipes de cima. Na sequência, caíram Jenson Button (13º) e Fernando Alonso (12º). Valtteri Bottas bobeou e saiu em 11º. Nico Hulkenberg ficou pelo caminho, enquanto Sergio Pérez não conseguiu roubar a última vaga na superpole de Felipe Massa.
Q3
Restaram para a superpole duas Mercedes, duas Ferraris, duas Williams, duas STR e uma RBR. A batata quente ficou rodando entre vários pilotos nos primeiros minutos e acabou nas mãos de Daniel Ricciardo, que ficou com o oitavo lugar. Carlos Sainz foi eliminado logo a seguir. Com a sexta posição garantida, Felipe Massa preferiu não saiu mais dos boxes. Max Verstappen e a dupla da Ferrari, Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, também tiveram a mesma decisão de não voltar para a pista e foram sendo eliminados em sequência. No fim, a pole ficou, como de costume, entre os pilotos da Mercedes. E o treino, que começou cheio de emoção, acabou com anticlímax. Restando mais de 2 minutos para o cronômetro zerar, Nico Rosberg recolheu para os boxes, e a pole position ficou mesmo com Lewis Hamilton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pages