ALIANÇAFIBRA COM NOVOS PLANOS

ALIANÇAFIBRA COM NOVOS PLANOS
O SEU NOVO PROVEDOR EM TIMBIRAS 100% FIBRA

EM TIMBIRAS TEM "W CELL"

EM TIMBIRAS TEM "W CELL"
ASSISTENCIA TECNICA EM CELULARES

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Construindo relações e resultados



Às vésperas de completar 26 anos, o OGMO Itaqui – Órgão de Gestão de Mão de Obra do Porto do Itaqui continua investindo no aperfeiçoamento dos trabalhadores portuários. A novidade, no entanto, é que pela primeira vez realiza uma oficina de desenvolvimento onde a ênfase se dá no campo comportamental aliado à competência técnica.

Esse fator, na avaliação da diretora executiva do OGMO, Ana Barbosa, é fundamental para o atual momento do setor. “Muito se fala em tecnologia, em automatização, mas as vezes esquecemos de falar na competência que consideramos uma das mais importantes que é a humanização, a competência de relacionamento, ou seja, a preparação desse colaborador para uma relação mais agregadora com o seu cliente”, destaca.

Nesse contexto, o OGMO-Itaqui realizou nesta sexta-feira, 28 de agosto, o primeiro  encontro  de uma jornada de desenvolvimento com os estivadores que trouxe o tema “Construindo Relações e Resultados”. Para a analista de Recursos Humanos do OGMO, Márcia Maranhão, o treinamento comportamental é “uma sementinha para o novo, que nasceu da necessidade de conectar o trabalhador portuário com a visão, missão e valores dos nossos clientes”.

O tema foi recebido com bastante entusiasmo pela classe. Para Jouberth Mendes, estivador há 15 anos, foi um momento para ampliar a visão do trabalhador. “Venho de uma família de estivadores – o meu pai era estivador. Tive a oportunidade de experimentar um pouco daquilo que era antes e hoje há esse novo momento, uma nova forma de se relacionar”, diz.



Ricardo Dutra, estivador há 10 anos, também avaliou a iniciativa como positiva. “Nesses últimos dez anos tem se falado um pouco sobre a questão comportamental. É algo novo no setor portuário e que vai agregar muito”. Nessa perspectiva de conexão com o cliente a Companhia Operadora está sendo um parceiro na construção dessa jornada. Na opinião de Joelson Xavier,  gerente geral da operadora associada, as relações interpessoais são, hoje, um dos maiores desafios do setor e por isso esses exemplos de sensibilização são importantes. “Nesse elo do processo logístico, esses trabalhadores são essenciais para nós e por isso é importante que entendam o processo operacional como um todo e isso passa pelo relacionamento interpessoal”, explica. A oficina foi desenvolvida pela consultoria SERHUM, empresa especializada em gestão de pessoas, que vem buscando inovação nas estratégias de treinamento e desenvolvimento de carreira com realizações de oficinas e workshops, focados nas competências comportamentais necessárias ao ambiente de trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.