TIMBIRAS CONTA COM OS SERVIÇOS DA RAD IMAGEM E DA ALIANÇA FIBRA

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Comissão de Assuntos Econômicos da Assembléia discute novos investimentos para o Maranhão

 

A Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Zito Rolim (PDT), promoveu, na manhã desta terça-feira (19), reunião com representantes de empresas que operam ferrovias no Maranhão e no Brasil para discutir novos investimentos da Companhia Operadora Portuária do Itaqui (COPI), em parceria com a empresa VLI, visando à construção de um terminal de recepção de fertilizantes, além de outro voltado para armazenamento no Tocantins. Os investimentos somam mais de R$ 200 milhões.

Participaram da reunião o diretor de Relações Institucionais e Governamental da empresa VLI, Fernando Kunsch; o diretor da COPI, Guilherme Eloy, o deputado Antônio Pereira (DEM) e uma comitiva de políticos de Montes Altos (MA), liderada pelo vice-prefeito do município, Garibaldi.
“O terminal possibilitará levar esses fertilizantes para o interior do Brasil. Além desse investimento, desenvolveremos um novo terminal no município de Palmeirante, no Tocantins, para recebimento dessas cargas e, depois, sua distribuição para os clientes finais. É como se estivéssemos construindo um supermercado de fertilizantes no Tocantins, que beneficiará a região do agronegócio, principalmente os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, além do nordeste do Mato Grosso”, esclareceu o diretor da COPI.

Segundo Guilherme Eloy, os novos terminais permitirão que esses estados recebam produtos a um custo competitivo bem atrativo. “Isto, consequentemente, atrairá mais cargas para o Itaqui. Nossa intenção é que o porto ganhe cada vez mais importância e que essa demanda, tanto do agronegócio quanto de fertilizantes, cresça”, frisou.

“É motivo de orgulho apresentar um projeto em parceria com a VLI, que já atua há muitos anos no Maranhão, operando a Ferrovia Norte-Sul. Esses novos terminais permitirão que se aproveite os trens que chegam com os grãos para escoamento, via Porto do Itaqui, agora levando fertilizantes para o interior do Maranhão, Tocantins, Mato Grosso e outros estados vizinhos”, destacou Fernando Kunsch.

Emprego e renda

Zito Rolim disse que a reunião foi produtiva, uma vez que esclareceu como esses novos investimentos poderão dinamizar a economia maranhense. “Essas empresas estão acreditando no estado e isso contribuirá para a geração de emprego e renda. A Assembleia dará o suporte necessários em termos de legislação para que esse trabalho se consolide e seja ampliado”, salientou.

Antônio Pereira ressaltou que os novos investimentos chegam em boa hora e que dinamizarão a economia local. “Esses novos investimentos, com a construção das duas novas ferrovias anunciadas recentemente pelo governo federal, em fase de estudos pela iniciativa privada, fortalecem a infraestrutura e o agronegócio maranhense. São investimentos que vão gerar renda e emprego em um momento em que nossa economia precisa reagir à retração causada pela pandemia de Covid-19”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.