NEW NET COM NOVOS PLANOS

NEW NET COM NOVOS PLANOS
MAIS CONEXÃO AO SEU ALCANCE

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

VLI aumenta movimentação de grãos no Norte

Sistema integra modais para oferecer rota ao agronegócio brasileiro

Foram quase 8 milhões de toneladas que circularam no trecho entre Porto Nacional (TO) e Açailândia (MA).

O agronegócio segue como importante setor da economia brasileira. A estimativa da safra 2019/2020, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é da ordem de 248 milhões de toneladas de grãos, sinalizando um incremento de 2,5%, em relação à safra passada.

Acompanhando o crescimento da produção de grãos, as ferrovias têm se mostrado um importante modal logístico do agronegócio brasileiro. Um exemplo é o tramo norte da Ferrovia Norte-Sul (FNS) que liga o Porto Nacional (TO) a Açailândia (MA). Controlado pela VLI, empresa de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, esse trecho movimentou 7,9 milhões de toneladas de grãos (milho, soja e farelo) em 2019 – um crescimento de 25% quando comparado ao ano anterior, quando foram transportados 6,3 milhões de toneladas.

Os mais de 700 quilômetros da FNS, entre Tocantins e Maranhão, conectam-se à Estrada de Ferro Carajás formando uma importante conexão entre as áreas produtoras e o mercado externo, facilitando o escoamento. Com destino aos terminais localizados no Porto de Itaqui, no litoral maranhense, a ferrovia contribui oferecendo eficiência para o transporte de cargas de soja, milho e farelo oriundas do leste e nordeste do Mato Grosso, Sul do Pará e da promissora fronteira agrícola, o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

Importância regional

Para Fabiano Rezende, gerente geral responsável pelas operações ferroviárias da VLI nos estados do Maranhão e Tocantins, a infraestrutura construída pela empresa na região – depois do aporte de R$ 1,7 bilhão em terminais, frota de locomotivas e vagões, melhorias na linha e no acesso ao portuário - oferece ao agronegócio mais eficiência no escoamento. “Nosso sistema utiliza a integração dos modais. Recebemos a carga de caminhões, transferimos para a ferrovia e embarcamos no porto. Essa rota aproveita as qualidades de cada modalidade para entregar agilidade ao mercado”, pontua.

Sobre a VLI

 A VLI tem o compromisso de contribuir para a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A pelos últimos cinco anos e a primeira colocada do segmento de Logística e Transporte em 2019, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.