NEW NET

NEW NET
MAIS CONEXÃO AO SEU ALCANCE

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

VLI participa da Expo Indústria 2019

A VLI, companhia de operações logísticas que integra ferrovia, portos e terminais, marca presença na 3ª edição da Expo Indústria Maranhão 2019, maior feira multisetorial da indústria do Nordeste, realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc). O evento acontece de quarta-feira (06) até sexta-feira (08), no Centro de Convenções do Multicenter Sebrae.

A companhia, uma das patrocinadoras do evento, conta com um estande e utilizará recursos variados para apresentar ao público bastidores da sua operação. Os óculos 360º levarão os visitantes a uma viagem por todo o processo de logística da VLI. Um exemplar de ferromodelismo, protótipo de  sistema de transporte ferroviário em escala reduzida, vai chamar a atenção de quem passar pelo local. Além disso, vídeos institucionais e folders explicam o sistema que integra terminais, ferrovia e porto.

No dia 8, Eduardo Calleia, gerente de fomento, representa a VLI no painel sobre Infraestrutura “Logística e energia - O que falta para o desenvolvimento industrial do Maranhão?”. O especialista vai apresentar um pouco da atuação da companhia no estado e apontar possibilidades da logística contribuir para o desenvolvimento regional.

Esta é a terceira vez que a VLI participa da Expo Indústria. Para o gerente geral responsável pelo trecho entre Maranhão e Tocantins, Fabiano Rezende, a feira é uma oportunidade de estreitar o relacionamento com os maranhenses. “A VLI tem como premissa viabilizar soluções logísticas inovadoras. O Maranhão é parte importante do nosso negócio. Esperamos compartilhar conhecimentos e experiências com os diversos setores do mercado”, enfatizou. 


VLI na região

O Maranhão recebe cargas oriundas do sistema da VLI em Tocantins permitindo o escoamento da produção de grãos da região do Matopiba (abrange áreas dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), de regiões do Mato Grosso, Pará e Goiás), até o Terminal Portuário São Luís (TPSL e TEGRAM) terminais que operam em berços do Porto do Itaqui. No estado também é movimentado fluxos de combustíveis, celulose e minerais.

 O gerente geral dos Terminais e Porto Norte, Denilson Marques, cita a localização estratégica do TPSL como uma vantagem competitiva. “O litoral maranhense dispõe de atributos importantes. Estamos mais próximos dos mercados europeu, americano e asiático e a navegabilidade proporciona a atracação de navios de grande calado”.

Tocantins e Maranhão reúnem os Terminais Integradores, sendo no Tocantins os de Porto Nacional e Palmeirante, e no Maranhão os Terminais de Carregamento de Porto Franco e Açailândia, e também o tramo norte da FNS, que se conecta à Estrada de Ferro Carajás. Os principais produtos transportados por esse corredor são soja, milho, ferro gusa, celulose, manganês e farelo de soja.

 Sobre a VLI


A VLI tem o compromisso de contribuir para a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A pelos últimos quatro anos e a melhor do segmento de Serviços de Transporte pela Istoé Dinheiro em 2018, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.