MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
PUBLICIDADE

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
CHOPERIA RAMON TUDO DE BOM

sábado, 12 de novembro de 2016

Os benefícios de andar de patins em Timbiras.

Grupo de patinação JOVENS.

Oi, gente! Quem aí curte andar de patins? Tem uma galera aqui na Avenida João leal em Timbiras que adora! Pois é, o papo de hoje é justamente sobre os benefícios da patinação. Bora se jogar?

O jovem Johnnathan, nos disse que está se sentindo bem melhor após patinar pelas ruas e avenidas da cidade, ele vem intensificando um grupo de amigos, hoje são dezenas e a meta é chegar a centenas, milhares em fim quanto mais aderirem ao nosso grupo será melhor, enfatizou Johnnathan.

Para quem pensa que essa atividade é só brincadeira de criança, se engana e, inclusive, vem reconquistando mais e mais adultos. Assim como a corrida, andar de patins dá mais força aos músculos dos membros inferiores, bem como ao abdome e aos glúteos, e queima de 500 a 800 calorias na primeira horinha de diversão… Que passa beeem rápido! Tudo isso, ainda, com menos impacto que a “running”.

Por exigir do patinador o equilíbrio sobre o “calçado” instável, a atividade também faz com que a pessoa mantenha o corpo permanentemente contraído, principalmente as regiões mencionadas, trabalhando a concentração, coordenação motora, resistência muscular, agilidade e até alguns reflexos, para evitar as possíveis (e normais) quedas. E justamente por forçar uma postura adequada à realização do movimento, que é a correta (barriga pra dentro e costas retinha), a patinação é recomendada a pessoas que têm desvios ou dores na coluna.

patins

Outra vantagem da modalidade é o bem-estar psicológico. Para os apaixonados, ela é capaz de divertir, além de proporcionar o gasto de energia e trabalho muscular, pois causa sensações de liberdade e emoção. Além disso, como pode ser praticada ao ar livre e individualmente, também é muito democrática. É só colocar os patins e deslizar! Claro, com a devida técnica!

Por isso, valem algumas dicas para os iniciantes:

– Procure um professor. Há diversas empresas que dão aulas de patins nos parques, ensinando desde os primeiros passos até manobras mais elaboradas.

– Equilibre-se. Divida o peso do corpo entre pernas. Se apoiar na parede ou corrimão ajuda a criar confiança e a trabalhar o equilíbrio.

– Solte-se. Mantenha os pés apontados, suavemente, para fora, em forma de V, e alterne o peso entre as pernas, estendendo uma enquanto a outra desliza (semiflexionada).

– Não tenha medo de cair. Utilize os equipamentos de segurança adequados, como joelheira, munhequeira, cotoveleira e capacete, para evitar traumas. Além de tudo, oriente-se com um profissional do ramo, para aprender cair da maneira correta.

– Use os freios. Geralmente eles vêm na parte dianteira ou traseira dos patins, de acordo com o modelo.
Agora, deixe a preguiça, a vergonha e o medo de lado e bora rodar por aí! Quem acompanha?

Texto: Natue Life

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages