MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
ECONOMIZANDO COM VOCÊ

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
LOJAS TROPICAL - MANIA DE PREÇOS BAIXOS

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Antiga Estação Ferroviária de Timbiras foi derrubada na manhã dessa sexta-feira (18).


A antiga estação ferroviária de Timbiras que fica localizada no Bairro de São Sebastião, foi destruída em dois momentos distintos na madrugada dessa sexta-feira (18). Segundo um morador nos contou, o trem cargueiro passou e uma das paredes veio abaixo devido o solo está bastante encharcado e outra um grupo de pessoas resolveram derrubar as outras duas paredes que estavam ameaçadas de caírem e machucar alguém.

A prefeitura de Timbiras já acionou a policia para investigar as pessoas que derrubaram as ultimas paredes desse patrimônio que ficou abandonado a anos.

HISTÓRICO DA LINHA: 

A E. F. São Luiz-Teresina foi aberta em seu primeiro trecho em 1895, ligando Caxias a Cajazeiras (Flores). Em 1919 foi aberto outro trecho, São Luiz-Caximbos, prolongado em 1920 até Caxias. Somente em 1938 os trilhos chegaram a Teresina, com a abertura da ponte sobre o rio Parnaíba. Trens de passageiros rodaram até o ano de 1991 pela linha. Cargueiros trafegam por ela até hoje.

A ESTAÇÃO: A estação de Timbiras foi inaugurada em 1920. 

"Na primeira manhã depois daquela viagem de trem, o dia inteiro correndo em trilhos, Codó, Coroatá, Timbiras, Cantanhede, Rosário, tantas estações e paradas, quanto mundo novo ali dentro do trem, a cearensada fugindo da seca para as águas do Mearim, as fagulhas da maria-fumaça invadindo as janelas como se fossem mutucas tirando a paz do sono na viagem; na primeira manhã depois daquela viagem de trem, depois da noite insone na calçada alta do lado de fora da estação, antes que o primeiro bonde passasse, atravessei a rua e fui ao Dormitório Timbira, em frente, onde deixei por um dia a minha mala" (Edson Vidigal, 19/05/2000). 

A estação estava abandonada em 2009 ao lado da linha e da cidade. 

(Fontes: Mardonio Cesar; Kheops Renoir de Oliveira; Roosevelt Reis; Edson Vidigal, 2000; Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. XV, IBGE, 1959; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-1980; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht).







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pages