MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
ECONOMIZANDO COM VOCÊ

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
LOJAS TROPICAL - MANIA DE PREÇOS BAIXOS

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Atentado do 11 de Setembro é lembrado em projeto beneficente

A atriz Laryssa Dias durante o BGC Charity Day 2016 - Jorge Metne / Divulgação
RIO — Desde 2001, 11 de setembro é uma data que inspira lembranças tristes para o mundo todo. O aniversário de um dos atentados mais destruidores já realizados por uma organização terrorista, no entanto, também tem funcionado para mobilizar pessoas ao redor do mundo a discutir problemas de intolerância e praticar ações de solidariedade. 

O BGC Charity Day, organizado pela operadora financeira BGC desde 2010 no Brasil, por exemplo, vai colocar atores, atletas, modelos, apresentadores para arrecadar verbas que serão destinadas às famílias das vítimas do atentado, além de instituições de caridade em cada país. Neste ano, os projetos contemplados no Brasil são a Fundação Gol de Letra, a APAE de São Paulo, Casa Ondina Lobo e Fundação do Rim. Durante as 24 horas desta segunda-feira, toda a renda proveniente da compra de títulos e demais operações financeiras terá esses destinatários, 50% para vítimas e familiares e 50% para as instituições parceiras. 

No Brasil, nomes como a apresentadora e modelo Gianne Albertoni, o ex-atleta e medalhista olímpico de vôlei Maurício, o ator Sérgio Marone e a atriz Laryssa Dias terão uma hora para telefonar ao máximo de clientes que conseguirem e convencê-los a realizar alguma operação financeira durante o dia. Desde a compra de papéis até várias outras operações, o objetivo é conseguir o maior número de transações solidárias. Gianne Albertoni não esconde a empolgação. 

— O que pretendo é arrecadar o máximo que puder! Eu me lembro até hoje o quanto o 11 de Setembro foi traumático. Todos nós lembramos onde estávamos, o que fazíamos e como achamos que o mundo fosse acabar com toda aquela barbárie. Fico muito feliz de hoje poder ajudar dessa forma e fazer as pessoas lembrarem da data de um jeito menos triste. A simples lembrança e visita a essas pessoas as faz muito felizes. 

Para o bicampeão olímpico de vôlei e levantador Maurício Lima, é uma grande oportunidade de fazer algo de bom com o prestígio que conseguiu no esporte. Apesar de dizer, com bom humor, que não entende muito sobre operações financeiras, o ex-atleta promete arrecadar o máximo que puder.
— É a primeira vez que participo e estou ansioso. Acho muito interessante e fico muito feliz de ajudar de alguma forma, tendo esse prestígio no esporte e o trazendo para o lado social — afirma.
 
O Charity Day já arrecadou mais de 137 milhões de dólares. No Brasil, em sete anos, mais de 1,2 milhão de reais foram distribuídos para instituições beneficentes.

Em 11 de setembro de 2001, sequestradores lançaram aviões comerciais com passageiros contra as Torres Gêmeas, em Nova York; o Pentágono, em Washington; enquanto um outro caiu na Pensilvânia. Quase três mil pessoas morreram no ataque realizado pela rede al-Qaeda, de Osama bin Laden.

*Estagiário sob a supervisão de Sandra Cohen.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pages