MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
PUBLICIDADE

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
CHOPERIA RAMON TUDO DE BOM

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Vídeo mostra ação de atirador que matou candidato e feriu vice de GO

Vitor SantanaDo G1 GO

O vídeo de uma câmera de segurança registrou o momento em que um atirador dispara contra o candidato a prefeitito de Itumbiara, Zé Gomes (PTB) e o vice-governador José Eliton (PSDB). Nas imagens, divulgadas nesta quinta-feira (29) pela Polícia Civil, é possível ver quando o criminoso se aproxima de carro da carreata onde estavam os políticos e atira contra o grupo (veja vídeo acima). O homem atingiu quatro pessoas e acabou morto por seguranças.

As imagens mostram que a ação durou cerca de 10 segundos. “Nesse intervalo de tempo o atirador desce do carro em que ele estava, começa a atirar contra a carreata e os seguranças revidam a agressão e o matam”, disse o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Marcelo Aires Medeiros.

No vídeo é possível ver que o atirador, identificado pela Polícia Civil como Gilberto Ferreira do Amaral, servidor público da prefeitura, aguarda a passagem dos primeiros carros da carreata. Ao ver que o caminhão com os políticos se aproxima, o criminoso desce do veículo e começa a atirar contra o grupo.

“Foram dados 13 tiros. Sete deles atingiram o carro, dois o policial militar Vanilson [João Pereira], um o vice-governador, um o candidato a prefeito e um o advogado Célio Rezende”, disse o delegado.
O PM e o candidato Zé Gomes morreram. José Eliton e o advogado Célio Rezende sobreviveram e estão internados no Hospital de Urgências Governados Otávio Lage de Siqueira (Hugol), mas não correm risco de morte. O atirador foi baleado por seguranças e também morreu.

Atentado político

O secretário de Segurança Pública em exercício de Goiás, coronel Edson Costa, afirma que o atentado foi político. Segundo ele, “independente da motivação, essa definição não vai mudar”.

Ainda conforme o secretário, o tiroteio atentou contra direitos políticos. “A configuração e características do delito foram a perpetração contra direitos políticos e o processo eleitoral. Foi um ato contra a soberania, contra o estado de direito e ao direito político. O atirador descarregou a arma e tinha um carregador sobressalente. Se não fosse a ação pronta do cabo Vanilson e outros seguranças, a situação poderia ter sido pior.”, disse.

Costa pontuou ainda que nenhuma linha de investigação é descartada pela Polícia Civil.

Vídeo mostra criminoso atirando contra carreata de candidato a preito de Itumbiara e vice-governador de Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Vídeo mostra criminoso atirando contra carreata política (Foto: Divulgação/Polícia Civil)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages