MERCEARIA SILVA

MERCEARIA SILVA
ECONOMIZANDO COM VOCÊ

OIFEODONTO 1 ANO

OIFEODONTO 1 ANO
LOJAS TROPICAL - MANIA DE PREÇOS BAIXOS

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Agricultores familiares dos 30 municípios do Plano Mais IDH produzem excedentes e Governo articula comercialização da produção

“Agradeço o trabalho do governador, Flavio Dino, por ter lembrado dos que precisam. Eu sempre tive vontade de aprender e, hoje eu produzo composto orgânico para cultivar mudas de hortaliças. Fico feliz em receber assistência dos técnicos que atendem o município de Governador Newton Belo, porque eu aprendi técnicas simples que me permite sustentar minha família”. Esta é uma declaração de seu Deusimar Lima, família atendida pelo Programa Mais IDH do governo do Estado. Atualmente, ele, sua esposa e seus três filhos vivem da produção cultivada em sua propriedade. Só de milho existe sete mil pés que já estão sendo vendidos juntamente com feijão, mandioca, farinha e hortaliças.

A maior felicidade de seu Deusimar, além de receber todo o suporte para construção do Sisteminha, foi aprender. Ele relatou o orgulho de saber fazer composto orgânico para produzir mudas de alface, cebolinha e diversas hortaliças. “O minhocário é a tecnologia que eu tenho mais orgulho. Eu sempre lutei pra fazer composto orgânico e nunca dava certo. Agora, com o minhocário está dando tudo certo porque facilitou a produção de mudas. Eu só via a produção de composto pela televisão, não sabia se era possível fazer um adubo de resto de planta e de capina e eu já estou produzindo”, declarou seu Deusimar morador do povoado Santa Luzia.


Maria dos santos e seu Francisco, do município de Centro Novo do Maranhão também já sobrevivem de sua produção. A família vende frangos, alface, cheiro verde, pimenta de cheiro, vinagreira. “Nós recebemos a estrutura e condições do Governo e hoje já vedemos 90 frangos e hortaliças. Com a venda compramos novamente as sementes, ração para as aves e ainda sobra para comprar outras coisas”, informou o casal.

O Plano de Ações ‘Mais IDH’, lançado pelo governador Flávio Dino, tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida de pessoas, que vivem em situação de extrema pobreza, para isso estão sendo executados nos 30 municípios com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDHM) do estado, ações de saúde, acesso a documentação, assistência técnica e extensão rural qualificada, entre outros serviços prestados pelas diversas secretarias participantes que também estão fazendo o levantamento das necessidades de cada cidade.


“Me sinto feliz e orgulhoso dos técnicos na perspectiva que vamos alcançando grandes resultados. O trabalho está sendo feito com muito amor e dedicação e nós vemos a importância do Plano quando olhamos o brilho nos olhos de cada pessoa beneficiada e que acreditam que agora são capazes de superar a fome e a miséria”, afirmou o secretário Adelmo Soares, secretário de Estado da Agricultura familiar- SAF. Além disso, o secretário disse que é prioridade do governo do Estado aliar conhecimento e produção. 

O secretário informou ainda que como os agricultores familiares já estão produzindo excedente de sua produção, o Sistema SAF está viabilizando a comercialização dos produtos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos PAA. No mês de maio, o Maranhão foi beneficiado com uma portaria para execução direta com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) no valor de R$ 3.250.000,00. O Sistema SAF irá priorizar 990 agricultores dos 30 municípios do MAIS IDH.
Com o ‘Plano Mais IDH’, os técnicos do Sistema SAF, que levam assistência técnica e extensão rural qualificada e continuada para famílias dos 30 municípios mais pobres do Estado, já cadastraram 3.103 mil famílias e instalaram 1.795 Sistemas Integrados de Tecnologias (Sistecs) e mais 523 Sisteminhas.


O Sisteminha foi produzido pela Embrapa e consiste na criação de peixes, aves, húmus e na produção de hortaliças e frutas. As ações na área da produção incluem ainda fomento no valor de R$ 2.700 para produção através dos Sistecs. A segunda parcela do fomento já foi entregue a 460 famílias pelo Governo do Maranhão.

Este ano, o número de famílias atendidas pelos técnicos do plano Mais IDH, será aumentado com a parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) que irá ampliar para mais 6 mil famílias, totalizando 9 mil famílias beneficiadas com ações que irá desenvolver dignidade e qualidade de vida para o agricultor familiar. Atualmente já foram cadastradas 354 famílias.


O presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural- Agerp, órgão vinculado à SAF, Júlio César Mendonça, informou que o Governo do Estado por meio do Sistema SAF, irá beneficiar 15.498 mil agricultores dos 30 municípios do Mais IDH e de 19 municípios que sediam as regionais da Agerp com a entrega de kits de feiras, no âmbito dos programas ‘Mais Renda’ e ‘Mais Produção’. O kit feira é composto por: barracas, balanças, caixas plásticas, gaiolas, caixas de isopor, pallete, jalecos, bonés, camisas, além de seminários e cursos sobre comercialização.

“Além da comercialização no PAA, os agricultores dos 30 municípios do Plano ‘Mais IDH’, serão beneficiados com o kit feira. A entrega dos kits é um forma de trabalhar de forma articulada a produção e a comercialização”, explicou o presidente da Agerp.


--
Assessoria de Comunicação e Eventos - Ascom 
Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pages